"Escove bem os dentes após as refeições e principalmente antes de dormir."

"Não esqueça de escovar a língua e as bochechas."

"Utilize pouca quantidade de creme dental, preferencialmente com flúor,
independentemente da idade."

"Opte por escova dental macia ou extra macia."

"Utilize o fio dental diariamente."

"Alimentação saudável com legumes, verduras e menor consumo de doces e refrigerantes ajudam a ter dentes mais fortes e bonitos."

Dicas de higiene bucal

Bebês

A boca dos bebês deve ser higienizada com gaze umedecidas em soro fisiológico desde que nascem após as mamadas e principalmente antes de dormir. A erupção dos primeiros dentinhos pode causar incômodos para o bebê e por isso podem ser utilizados mordedores gelados que costumam aliviar.

Crianças

Supervisione as escovações das crianças até os 8 anos de idade. Garanta que crianças abaixo de 12 anos tomem água potável fluoretada ou suplementos de flúor se habitarem regiões onde não haja flúor na água.

Cárie

Doença infectocontagiosa causada por bactérias que são transmitidas de uma pessoa para outra através da saliva. Para se desenvolver são necessários diversos fatores como a falta de higiene bucal adequada, dieta rica em açúcares, diminuição do fluxo salivar, entre outros.

Fique atento aos principais problemas bucais

Gengivite

É uma inflamação da gengiva, sendo o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa – uma película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva.

Periodontite

É a evolução da gengivite não tratada, em que os quadros infecciosos e inflamatórios passam das gengivas para os ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes o que causa a queda. Esta é a principal causa de perda de dentes em adultos.

Confira o Odontopediatra mais próximo de você: